Editorial da Revista Pixé

Por Eduardo Mahon | Parece que o brado antropofágico de Oswald de Andrade não foi forte o suficiente para acabar com a literatura de salão, essa viscosa sensaboria que emula o passado. Os escritores menores, incapazes de inovar e parir uma obra de fôlego, sobrevivem da memória alheia e de macaquear o que os outros fizeram. O prestígio da tradição é manipulado sem cerimônia a fim de chancelar a obra presente. Como se identificam tais tipos? Elementar! Antes de abrir um livro ruim, é possível sabê-lo com dois dedos de prosa com o escritor. No papo, é possível ouvir as máximas da mediocridade: a literatura tem a função de… aí está a chave, ou melhor, o chavão. A frase será sempre completada com algum clichê. Em geral, a arte é usada como justificativa para alguma coisa – da mais pueril noção de beleza à tormentosa revolução social. Não importa qdo ual seja a pauta que queiram empurrar goela abaixo da literatura, interessa apenas que um escritor ruim terá sempre uma boa justificativa para escrever mal.

Queremos dar o caminho das pedras. Um curso rápido para descobrir esses fanfarrões. Basta seguir as pistas deixadas aqui e ali. Acontece em todas as profissões: o enorme anel de rubi na mão direita do jurista, o estetoscópio enrolado no pescoço do médico, o capacete que abafa a cabeça do engenheiro, a constelação de estrelas nos ombros dos militares, enfim, o arsenal simbólico da autoridade. Pois são justamente os piores a exigir silêncio e reverência – “me chame de doutor” – pedem aos cerimoniais. É que, à míngua de talento, o argumento de autoridade é invocado como compensação. Por isso, os símbolos são tão caros ao escritor medíocre. Nas apresentações, o sapo apresenta um curriculum enorme, tão grande quanto desimportante. Repare bem: os adereços curriculares pesam nas orelhas dos livros. Medalhas e distinções de toda a ordem adornam a obra medíocre porque o suporte simbólico é indispensável para granjear algum respeito. Quanto mais curriculum, menos talento. É batata!

No mais das vezes, é comum encontrar – logo abaixo do nome do escritor – a que instituição pertence. Eis aí o suprassumo da mediocridade. O sequestrador de símbolos chega a gritar – “Hei! Olhem pra mim! Faço parte dessa entidade. Portanto, devo ser respeitado”. O leitor atento e o crítico experimentado conseguem sacar esse botox editorial para turbinar um livro. A edição fica siliconada com apresentações, prefácios e posfácios, mas não engana ninguém. E não adianta mendigar comentários favoráveis – quem pauta o fazer artístico no moralismo ou no utilitarismo usa-se da justificativa ideológica para autoproclamar-se escritor. Os sapos de sempre continuam nas lagoas acadêmicas repetindo o monótono coaxar – Sou poeta! Sou poeta! Sou poeta! Não, caros leitores, a poesia nunca foi a praia dessa saparia.

É por isso que Oswald errou redondamente ao acreditar que o parnasianismo havia morrido com a Semana de 22. Ao contrário do que pensava o autor de Serafim Ponte Grande, o velho time das les belles letres sobrevive do prestígio institucional que confere entidades literárias certificadoras. Pelos salões abarrotados de vazio, saraus de poemas desimportantes são organizados ao som do mal executado Chopin com a triste Waltz Op. 69. Não há ninguém ali que não seja espectro literário passado. Adeus! – é o que prometem os sapos a cada encontro. Mas persistem os rebuscados anfíbios a coaxar de uns para outros citações antigas e sem sentido, fazendo questão de exibir menções honrosas em colunas sociais. Até quando conviveremos com literatos sem livros? Até quando as letras carecerão de literatura? Até quando bula de remédio e manual previdenciário serão tomadas por literatura? Não há de ser nada. Cada edição da Revista Pixé vem temperada com sal a gosto. Os sapos que se cuidem!

Santos diz que dez, 10 escolas já funcionam em tempo integral…

O candidato a reeleição, Santos, em reunião como professores e servidores, realizada no Hotel Fazenda, assegurou ainda a expansão do programa Escola de Tempo Integral

Continue lendo “Santos diz que dez, 10 escolas já funcionam em tempo integral…”

Professores e servidores da educação promovem a maior reunião de apoio ao candidato da coligação Dante de Oliveira

Mais de três mil profissionais da Educação lotaram o Centro de Convenções Cuiabá (Hotel Fazenda) na maior reunião já realizada nesta campanha.

Continue lendo “Professores e servidores da educação promovem a maior reunião de apoio ao candidato da coligação Dante de Oliveira”

Modelo de privatização de aeroportos deve ficar pronto em 2009, diz Jobim

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, acredita que em 2009 será possível adotar um modelo de concessão à iniciativa privada dos aeroportos públicos do país. Os primeiros devem ser Galeão, no Rio de Janeiro, e Viracopos, em Campinas (SP).

Continue lendo “Modelo de privatização de aeroportos deve ficar pronto em 2009, diz Jobim”

Juiz libera imagens do presidente Lula, do PT, para outros partidos e coligações

O PT e a coligação Compromisso com Cuiabá, encabeçada pelo candidato à prefeitura, Mauro Mendes (PR), não obtiveram êxito nas ações impetradas contra os adversários Wilson Santos (PSDB) e Walter Rabello (PP)

Continue lendo “Juiz libera imagens do presidente Lula, do PT, para outros partidos e coligações”

Gilmar Mendes diz a Garilbadi que Judiciário não quer poderes do Legislativo

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, recebido pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves, deixou a Casa dizendo que o Judiciário não tem devaneios de substituir o Parlamento.

Continue lendo “Gilmar Mendes diz a Garilbadi que Judiciário não quer poderes do Legislativo”

Ex-secretário que desviou doação de calçados tem seus direitos políticos suspensos

Está mantida a decisão que suspendeu os direitos políticos, por um prazo de cinco anos, de Antonio Valesan, ex-secretário da administração do município de Roca Sales (RS), por desvio de doação de calçados durante as eleições de 2000. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) não atendeu ao recurso do ex-secretário e manteve a decisão de segunda instância que o condenou por improbidade administrativa. Continue lendo “Ex-secretário que desviou doação de calçados tem seus direitos políticos suspensos”

Do Blog do Jornalista Enock: Poção denúncia ameaças de tucanos no TRE e na PF. Pressão é para que Poção recue no pedido de cassação de Santos

O conceito de um vereador do PSDB sempre apontado como “um político ético” pode cair por terra  nas próximas horas. A Justiça Eleitoral e a Policia Federal já estão investigando denuncia apresentada pelo vereador Luiz Poção

Continue lendo “Do Blog do Jornalista Enock: Poção denúncia ameaças de tucanos no TRE e na PF. Pressão é para que Poção recue no pedido de cassação de Santos”

Promessa pouca é bobagem: Jaime e Júlio Campos prometem 2 mil casas de graça para famílias carentes de Várzea Grande

“Vou assegurar R$ 20 milhões em emendas para os próximos quatro anos que somados a recursos municipais permitirão se construir 2 mil casas até 2012, sendo 500 por ano”, disse o senador Jaime Campos

Continue lendo “Promessa pouca é bobagem: Jaime e Júlio Campos prometem 2 mil casas de graça para famílias carentes de Várzea Grande”

O prefeito Santos e sua coligação são proibidos de usar imagem do presidente Lula

A coligação “Dante Martins de Oliveira, encabeçada pelo prefeito Santos (PSDB), está impedida, por meio de liminar, de utilizar o nome e a imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Continue lendo “O prefeito Santos e sua coligação são proibidos de usar imagem do presidente Lula”

Quatro juízes cobiçam a vaga de desembargador aberta com a aposentadoria de Omar de Almeida

O pleno do Tribunal de Justiça (TJ) de Mato Grosso, atualmente composto por 28 desembargadores, decidirá entre quatro magistrados, quem vai preencher a vaga de desembargador do TJ

Continue lendo “Quatro juízes cobiçam a vaga de desembargador aberta com a aposentadoria de Omar de Almeida”

Leia o post do blog do jornalista Enock Cavalcanti sobre o pedido de cassação feito pelo vereador Luiz Poção

Quem vai decidir se o pedido de cassação do prefeito de Cuiabá, Santos (PSDB), apresentado pelo vereador Luiz Poção (PP), é um pedido válido ou um pedido meramente eleitoreiro, como argumentam os correligionários do tucano, será o Promotor Eleitoral da capital, Marcos Machado.

Continue lendo “Leia o post do blog do jornalista Enock Cavalcanti sobre o pedido de cassação feito pelo vereador Luiz Poção”

Jornais esquecem regra e mudam tratamento ao candidato prefeito de Cuiabá

Os principais jornais diário de Cuiabá, numa inusitada coincidência, contrariando uma das regras do jornalismo moderno, deixaram de escrever o sobrenome Santos do prefeito, a partir da segunda citação, para escrever o nome Wilson, o mesmo que vem sendo adotado pela campanha do candidato à reeleição.

Walter Rabello e procurador Mauro, do Psol, não participam do primeiro debate

Com a ausência dos candidatos Walter Rabello (PP) e procurador Mauro (PSOL), o prefeito Santos (PSDB) e o empresário Mauro Mendes (PR) polarizaram ontem o primeiro debate entre os concorrentes à Prefeitura de Cuiabá.

Continue lendo “Walter Rabello e procurador Mauro, do Psol, não participam do primeiro debate”

Guerra dos Números: Ipec diz que Santos amentou a vantagem em relação a Walter Rabello e o candidato do Paiaguás, Mauro Mendes, também cresceu

A mais nova pesquisa do instituto Ipec mostra que o prefeito Santos (PSDB) ampliou sua vantagem sobre o segundo colocado, Walter Rabello (PP), na corrida pela prefeitura de Cuiabá.

Continue lendo “Guerra dos Números: Ipec diz que Santos amentou a vantagem em relação a Walter Rabello e o candidato do Paiaguás, Mauro Mendes, também cresceu”

Médicos das Forças Armadas começam a atender em hospitais do Recife

A ameaça de demissão coletiva por parte dos médicos que trabalham em hospitais da rede estadual em Recife (PE) levou as Forças Armadas a mobilizar cerca de cem militares da área de saúde para apoiar no atendimento à população da capital pernambucana.

Continue lendo “Médicos das Forças Armadas começam a atender em hospitais do Recife”

Governo Lula preocupado com clima tenso no Paraguai

Por meio de nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), o governo brasileiro se mostrou preocupado com as denúncias feitas pelo presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que afirmou que o ex-presidente Nicanor Duarte e o ex-general Lino Oviedo querem desestabilizar seu governo.

Continue lendo “Governo Lula preocupado com clima tenso no Paraguai”

Vereador Luiz Poção questiona pedido de afastamento do prefeito Santos e diz que pedirá cassação ao Ministério Público

O comunicado de férias do prefeito Santos (PSDB) à Câmara de Vereadores deixou o clima tenso na sessão de ontem pela manhã. Primeiro-secretário do Legislativo, o vereador Luiz Poção (PP), oposicionista do chefe do Executivo, questionou o ofício encaminhado pelo Executivo comunicando seu afastamento.

Continue lendo “Vereador Luiz Poção questiona pedido de afastamento do prefeito Santos e diz que pedirá cassação ao Ministério Público”